Mangue.IO

O Mangue.io é solução de ofertas de containers multiclouds. A plataforma Mangue.IO utiliza Kubernetes, Docker e a capacidade de Broker do uCloud para ter uma oferta de containers multiclouds que podem ser utilizados para criar um Market Place dinâmico e evolutivo que já possui mais de 100 mil aplicações disponíveis. Esta mesma estrutura pode ser utilizada para criação de ofertas serverless, uma demanda em constante crescimento por conta das evoluções de serviços e soluções em IoT.

A plataforma Mangue.io auxilia as organizações a disponibilizar aplicações e recursos de forma ágil e consistente através de seus ambientes de TI normalmente complexos e heterogêneos, além de dar suporte a importantes iniciativas de TI, como conteinerização, microsserviços e estratégias de migração na nuvem.

O Mangue.io é uma plataforma para a gestão do ciclo de implantação de aplicações segundo as boas práticas de DevOps. Além da sua interface web, ela provê um conjunto de APIs para o gerenciamento de  Contêineres Docker e o Kubernetes  federados. Os contêineres são processos independentes executados em seu próprio ambiente, independentemente do sistema operacional e da infraestrutura subjacente.

Como resultado, a plataforma Mangue.io agrega valor significativo para seus clientes por:

  • Permitir que desenvolvedores forneçam aplicações e funcionalidades de forma ágil, produtiva, atendendo às necessidades dos clientes e mercado;
  • Alcançar os objetivos de negócios e aprimorar a eficiência operacional no atendimento a clientes e usuários;
  • Diminuir o esforço no atendimento e gerenciamento contínuo das aplicações;
  • Reduzir os custos da gestão e operação da infraestrutura de TI no desenvolvimento de aplicações.

Arquitetura da solução

O Mangue.io é um sistema com arquitetura em camadas construído sob o Docker e Kubernetes e é capaz de disponibilizar imagens de contêineres Docker e serviços Kubernetes com o objetivo de facilitar a composição, implantação, gestão e operação de aplicações, seja um banco de dados como MySQL ou um sistema de informação como um CRM.

Primeira camada

O Mangue.io usa o Docker e o Kubernetes como ponto de partida e adiciona mais algumas ferramentas para proporcionar uma melhor experiência aos seus usuários. O Mangue.io usa a arquitetura master/node do Kubernetes e partir daí, se expande para fornecer serviços adicionais.

De uma forma macro, temos uma primeira camada, de Integração (Integration Layer), que é a camada de provimento de infraestrutura.

Infraestrutura esta que pode ser provida de duas principais formas: por meio de provedores públicos de infraestrutura como serviço (i.e. AWS, Azure, Google Cloud) ou por meio de um provedor de infraestrutura privado (i.e. on-premise), utilizando, preferencialmente, alguma estratégia de virtualização (para otimização do fornecimento de recursos computacionais e prover elasticidade no consumo destes recursos) por meio de algum hypervisor (i.e. Xen Server, VMware, OpenStack, etc.).

O componente principal da camada de Integração é o uCloud Multitenant Core Platform, que funciona como um broker multicloud e permite a integração da plataforma Mangue.io com qualquer infraestrutura computacional que esteja sendo disponibilizada como serviço para ele.

O uCloud integra diversos provedores de IaaS como AWS e Azure, assim como hypervisores on-premise como VMWare, Xen e OpenStack.

Segunda camada

A segunda camada é a camada de Negócio (Business Layer) da plataforma propriamente dita. Além do Docker e Kubernetes, já citados, a plataforma possui diversos componentes e serviços que visam agregar valor ao ambiente em si. Dentre eles podemos destacar melhorias no monitoramento dos contêineres e o módulo de bilhetação, que permite mensurar os recursos consumidos por cada contêiner e com base nisso ofertar uma estratégia de valor para as aplicações.

Terceira camada

A última camada corresponde ao marketplace de aplicações (Marketplace Layer). Aqui temos o serviço do portal e o gerenciador de catálogos de aplicações que vão compor o marketplace. Um catálogo nada mais é do que um registro, que pode ser público (Docker Hub), privado (on-Premise Hub) ou ainda o ofertado pela própria plataforma (Mangue Hub). O acesso dos clientes se dará́ por meio da rede (intranet ou Internet), através da API pública da plataforma (Restful), através do dashboard web de administração da plataforma, de sua interface móvel ou ainda por meio da Command Line Interface (componente Kubernetes) incorporada à plataforma.

Fale Conosco

Entre em contato para soluções de ambientes híbridos multi-cloud para integradores de TI ou clientes finais.

Entre em contato para mais informações e solicitação de demonstração