SDS: O futuro do armazenamento em nuvem tem nome!

ago 2

SDS: O futuro do armazenamento em nuvem tem nome!

O Software Defined Storage (SDS) é o mais recente grande passo que a tecnologia deu em relação ao armazenamento. Ele oferece soluções que independem do hardware, com um armazenamento ágil e flexível, por meio de processos automatizados e completamente adaptáveis às demandas que possam surgir. Essa parece ser a grande tendência para um futuro próximo !

O armazenamento e uso de grandes conjuntos de dados armazenados, o chamado Big Data, pedem o SDS, pela quantidade e relevância dos dados. A gigantesca (e crescente) quantidade de dispositivos móveis em uso está causando um boom na quantidade de informações armazenadas na internet, gerando mais demanda, fazendo com que o investimento em tecnologias baseadas em nuvem seja primordial. A flexibilidade pedida faz com que o armazenamento tradicional – associado intrinsecamente a um hardware  especifico – fique obsoleto.

Em um estudo realizado pela EMEA, em 2013, 84% dos entrevistados estavam planejando usar algum sistema virtual de armazenamento, que não dependesse de um hardware. especifico Isso demonstra que a maioria das corporações já vê essa solução como ideal para a mineração de dados (Big Data).

Tirar a responsabilidade de um hardware central deve deixar suas operações mais eficientes e flexíveis, tornando o acesso facilitado. Um SDS otimiza os aplicativos que operam em nuvem, deixando o gerenciamento mais simples e econômico.

Atributos chave do SDS

Uma análise feita pela International Data Corporation (IDC) listou alguns dos atributos chave do Software Defined Storage. São eles:

– A independência do hardware é o mais importante no SDS. Ele é projetado para funcionar em um hardware heterogêneo e pode até aproveitar a infraestrutura de armazenamento existente.

– O SDS fornece um conjunto completo de serviços de armazenamento.

– Monitoramento da capacidade de armazenamento físico de vários locais, como discos internos de varias velocidades e desempenho, sistemas de flash, outros sistemas de armazenamento externos.

– O SDS é facilmente programável através de uma única API unificada

O SDS é um sistema simplificado e automatizado para serviços de armazenamento, facilitando o acesso e troca de dados entre sistemas, e a consequência é a economia em gastos e tempo.

 

Confira também:  10 vantagens da Virtualização de Desktops

Nesse artigo aqui explicamos um pouco mais sobre SDS e suas vantagens! Ficou alguma dúvida? Fale conosco!

Outras pessoas também leram...