Computação em Nuvem já se equipara a outros setores críticos da sociedade

nov 22

Computação em Nuvem já se equipara a outros setores críticos da sociedade

Segundo um estudo recente da Vervit, nova marca da Emerson Network Partner, a Computação em Nuvem já está entre os recursos mais críticos do planeta, equiparando em importância com outros recursos primordiais na vida humana, como energia e água.

O critério levado em conta para eleger a computação em nuvem como setor crítico é o impacto causado durante o período de inatividade de cada segmento avaliado. Isso mostrou que a computação em nuvem é tão importante para o cenário sócio- econômico atualmente, que pode deixar graves sequelas graves em todos os setores vitais da sociedade.

Apesar de parecer exagero, grande parte de setores como: saúde, transportes, manufatura, órgãos públicos utilizam o armazenamento em nuvem para segurança de seus dados. Para ilustrar, o IDC (International Data Corporation) mostrou em um estudo que dois terços das empresas globais já utilizam o cloud computing, e a previsão é que esse tipo de serviço movimente até U$ 46 bilhões até 2020. O Gartner acredita que o mercado de infraestrutura como serviço (IaaS baseado em computação em nuvem) passará dos U$ 22 bilhões ainda em 2017, fechando com um crescimento de 38% sobre o ano passado.

Confira também:  Hiperconvergência e Disaster Recovery

REALIDADE DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM NO BRASIL

Na América Latina, o viés de alta se mantém. A IDC mostra que 80% das empresas da região já trabalham com a nuvem, e o Brasil é o oitavo país a oferecer melhores condições para a utilização desse serviço, de acordo com o ranking da Asia Cloud Computing Association (ACCA), atrás somente de Hong Kong, Cingapura, Nova Zelândia, Alemanha, Reino Unido, Austrália Japão e Estados Unidos.

Agora imagine se 80% das empresas da América Latina parar, ou se dois terços das companhias do mundo interromperem suas atividades por tempo indeterminado. Com esses dados, é possível ter a dimensão da criticidade da computação em nuvem. É impensável ter essa quantidade de empresas, fundamentais para o andamento e a fluidez da sociedade, com seus serviços paralisados, por isso a comparação com outros setores da sociedade se torna inevitável.

Confira também:  Infraestruturas em Nuvem: qual modelo de implantação escolher?

 

A computação em nuvem faz com que empresas reduzam seus investimentos em infraestrutura física local de TI, reduzindo também a necessidade de um espaço físico, recursos de iluminação e refrigeração, bem como de serviços de gestão do ambiente. A Ustore oferece soluções em tecnologia da informação que viabilizam implementar uma arquitetura computacional escalável, sólida e confiável em nuvem distribuída. Confira aqui nossas soluções